entremeado
“No tear que tece a nossa vida não há pontas soltas”

O Começo

Nem sei por onde começar.Meu nome?Minha idade?Minha vida?No fundo nada disso importa.Sou mais um entre tantos.Mais alguém tentando encontrar a felicidade.

E minha história é mais uma entre muitas.Algumas com final feliz e outras não.

E pensar que tudo começou quase que por brincadeira.Que meu olhar me traiu e o desejo invadiu minha mente e meu corpo.Eu tinha só quatorze anos de idade.Nunca tinha sentido aquilo.Nunca tinha imaginado sentir.

Ele usava só uma bermuda preta.Suas pernas, sua barriga, seu corpo mais velho do que o meu.

E eu olhei.Simplesmente olhei.

A primeira memória que tenho é dele.Não me lembro do seu nome, só sei que tinha seus dezoito anos.

Hoje sei que foi desejo.Era o começo mesmo sem eu querer aceitar.Não foi escolha.Não teve culpados.Era desejo, era corpo, era completamente loucura.Uma loucura que iria transformar minha vida para sempre.

Quantas escolhas temos em nossa vida?E quantas coisas já estão destinadas a acontecer?Eu não escolhi ser diferente.Ninguém escolhe.

Nunca mais o vi, mas mesmo sem nunca ter tocado ou falado com ele sua imagem ficou na memória.Tenho ele como ponto de partida, despertou o que já existia escondido.

Podia ser qualquer outro.Ou nunca podia ter acontecido.

Mas aconteceu, e mudou tudo.

***

Entremeado

Meu corpo já não reconheço.
Nem a face no espelho.
Nem as palavras que saem da minha boca.
Nem aquelas que já não saem mais.

Minhas atitudes já não são mais minhas.
Como também não são meus os sonhos.
E se me pergunto não ouço respostas.
E se me procuro não encontro ninguém.

No espelho quebrado do armário
Já não sei quem eu vejo.
Desejo e medo nos olhos.
Na alma apenas segredos.

Sem destino eu sigo sozinho.
Sem saber quem eu sou.
Morrendo a cada amor.
E renascendo com a dor.

Daniel

***

FELIZ 2008 para Todos que me acompanharam neste Entremeado de Palavras.

PAZ, SAÚDE E AMOR.

BEIJÃO.

Anúncios

22 Respostas to “O Começo”

  1. Lindo! Beijos! Precisava te dizer que não venho aqui todo dia, mas leio (absolutamente) todos os textos. Mais beijos, B. Feliz 2008

  2. Moço, ando sumido, né?
    Correria total de fim de ano.
    Enfim, hoje, sem nada pra fazer aqui, li TODOS os posts que vc tinha escrito.
    Saudade de jogar conversa fora no msn, he he he
    E, quem sabe, em 2008 o Páginas Arrancadas não ressucite.
    Bjão

  3. Podia ser quarlquer outro. Ou podia não ter acontecido…

    Mas será que outro daria tantos davaneios? será que não acontecer seria uma boa?

    eu gosto da fantasia eu gosto de coisas impossiveis só pode rs

    Feliz ano novo!

    beijo

  4. to add no meu blog beijos

  5. Um Feliz Ano Novo pra ti também, Dani!!
    Foi muito legal ter conhecido o teu espaço. Recomendo sempre.
    Beijos e até 2008!!

    (Lá no meu blog não neva… tá um calor dos infernos pras bandas de lá..:))

    PS: Sobre Heroes… a segunda temporada é melhor, heheh.
    Mas segue firme porque a esperança é a ultima que morre (tente descobrir quem é a eseprança, hihih)

  6. Feliz Ano Novo!!!

    Agradeço pelo carinho e atenção por este finalzinho de ano, quando entrei no wordpress.

    Espero que ano que vem possamos ter mais contato.

    Feliz Ano Novo, de novo!!!

  7. Hauhhuaahua… obrigado pela visita cara… esperamos que ano que vem vc responda ao meme…rsrsrsrs… abraços!

  8. Oi, Dan! Nossa, quanto tempo heim? Lindo seu texto, muito tocante e amei o poema também. Um ótimo 2008 para você! Que os sonhos se realizem, o amor aconteça, o sucesso cresça e a prosperidade seja eterna!

    Ah, vou adicionar seu blog aos meus favoritos, tá?

    Beijão!

  9. Daniel, estou vindo pela primeira vez. Muito bonito e forte o teu texto, a tua poesia. “Mais um tentando encontrar a felicidade”. Poderia ser só isso, e seria tão simples ser feliz. Com certeza voltarei. Estou linkando seu blog ao meu para tornar mais fácil as voltas. Algum problema para você?

    tenha nestes últimos dias de 2007 muita paz e um 2008 de muitas realizações, tranquiladade, felicidade, saúde e tudo que sempre desejamos de bom.

  10. Amore,

    o texto é lindo. Mas, você está enganado em um ponto. Você não é diferente em nada.
    Pelo contrário, é igual a mim, igual a todos os outros. E, se é diferente em alguma coisa, não é pelo que se refere, mas sim por esse coração lindo.

    beijos amore, beijos

    teamogostomuito.

    Um 2008 maravilhoso pra ti.

  11. Daniel ainda estou por aqui. Fui ler “Como se diz te amo?” e comecei a chorar. Sensível eu? Está muito lindo. Fala de um sentimento que sinto. Parabéns,parabéns, parabéns………………….

  12. “Mas aconteceu, e mudou tudo” … Putz, maravilhoso para título do seu livro de poemas .. rsssss Lindo, lindo, lindo.
    beijos sem filtro

  13. Lindo, lindo.
    O “Entremeado” eu acho que nunca tinha lido. Gostei demais.

    Só acho que você não seja mais um, é difícil ler coisas assim, de pessoas assim.

    Feliz Ano novo, querido. Tudo de bom (pra nós, pq eu também preciso)
    bejo grande!

  14. Alo Daniel, estou aquí retribuindo a visita e desejando um feliz 2008.
    Einen Guten Hutsch, dizemos aquí na Alemanha, isto é uma boa escorregada do ano de 2007 para 2008.
    Estou fora do ar alguns tempos, mas volterei breve.
    Um abraco.
    Solange

  15. Daniel,

    Belíssimo teu texto e teu poema!

    /// Agradeço pelos comentários deixados no blog Mude.

    /// Abraços, flores, estrelas… e Viva 2008!

  16. Muito bom o teu texto, e melhor ainda o poema.
    Força nesse ano novo que vem por aí, feliz 2008 pra ti cara.

    []’s

  17. Belíssimas palavras!
    Um 2008 recheado de coisas boas, e obstáculos que nos façam crescer sempre mais!
    Tudibom pra ti!
    Bjos

  18. Sobre esse seu texto, eu nasci com essa certeza. É estranho pensar dessa forma, mas nas minhas primeiras lembranças de infância eu sei o que queria. Não fui forçado a isso, nem induzido. Era natural. Na adolescência, meu único medo não era parecer diferente, era não encontrar alguém igual a mim.

  19. “Minhas atitudes já não são mais minhas.
    Como também não são meus os sonhos.
    E se me pergunto não ouço respostas.
    E se me procuro não encontro ninguém.”

    diferente?
    (ah, se todos fossem iguais a voce)
    =)

    feliz 2008 Dan,
    tudo de bom pra vc!

    beijaooo

  20. Profundo. Intenso, certeiro…arrebatou-me!!!
    Feliz Ano Novo,
    Beijos
    Manyukeh

  21. Feliz Ano Novo para vc!!!
    E eu tenho certeza que uma hora ia acontecer!
    Nunca podemos esquecer o que sentimos dentro de nós como verdade…
    Obrigada pela visita.

  22. e ae menino como está?
    obrigado por ser o primeiro a comentar no meu blog…
    sou seu fã e vc já sabe disso… mesmo eu não gostando de poesia (fazer o q né? ninguém é perfeito igual você!!!!)
    mas enfim… é o que temos para hoje!!!
    me incentive a usar esse meu blog… senão eu desisto logo, rsrsrs
    beijão… amo vc… ja sabe disso!!!


Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: